icon-29VITicon-30VITicon-23VITicon-24VITarrow copy 3icon-11VITicon-19VITicon-10VITicon-30VITicon-26VITicon-22VITicon-14VITicon-28VITicon-09VITPage 1icon-03VITicon-16VITicon-31VITPage 1pinoicon-27VITicon-25VITicon-01VITicon-01VITicon-02VITicon-04VITicon-13VITicon-12VITicon-18VITicon-08VITicon-17VITicon-05VITAtivo 1cardiomedlogoVITArtboard
  • Coma
  • Cuide
Como se tornar vegetariano?

Então você está pensando em se tornar vegetariano? O primeiro passo é conhecer os tipos de vegetarianismo e sua diferença com o veganismo. Acesse o nosso post para saber mais.

Já leu nosso post sobre as diferenças entre os tipos de vegetarianismos e veganismo? Então, agora é a hora de decidir qual vai ser a sua vertente, se vai continuar consumindo ovos, leite e seus derivados ou não.

Depois de decidir qual é o seu tipo de vegetarianismo é essencial se consultar com um profissional da nutrição. É ele quem vai ajudar você no processo de transição, indicar as melhores substituições e ensinar a melhor forma de se alimentar e manter todos os nutrientes necessários para o organismo.

Não importa qual seja a sua motivação para essa mudança – saúde e/ou amor pelos animais – a primeira pergunta que deve estar rondando a sua cabeça é “e agora?”. Para a sua sorte, vamos dar algumas dicas para facilitar a sua transição.

O primeiro corte é a carne vermelha e os embutidos: aos poucos vá retirando as carnes vermelhas e os embutidos (salame, salsicha, mortadela, presunto e patês) do seu cardápio diário.

Agora é a hora do frango: retirou toda a carne vermelha do cardápio? Agora é vez de ir retirando aos poucos a carne de frango do seu dia a dia.

Chegou a vez do peixe: existe um pensamento popular de que vegetariano consume peixes e outros frutos do mar. Na realidade, uma pessoa que faz parte do vegetarianismo não come nenhum tipo de carne, e isso inclui quaisquer frutos do mar. Por isso, depois de tirar a carne vermelha e o frango, está na hora de dizer adeus ao peixe.

Existem outras proteínas? A primeira substituição à carne é o ovo. Porém, se você for da vertente que não consome esse alimento, saiba que existe muitas outras fontes de proteínas que você pode consumir. Entre elas, estão as leguminosas (feijões, lentilhas e grão-de-bico), cereais, quinoa e amaranto.

*É importante frisar a importância da consulta com um profissional da nutrição. Por meio de exames, ele vai verificar se você precisa repor alguma vitamina essencial ao organismo.

Pirâmide alimentar vegetariana

Lembra da pirâmide alimentar? Você pode conferir ela neste post. Ela muda um pouco se você faz uma dieta vegetariana.

pirâmide alimentar vegetariana

A base da pirâmide são os cereais (de preferência, os integrais), logo em seguida entram as leguminosas. Em terceiro lugar aparecem as verduras e frutas e no topo, estão as gorduras e o açúcar.

De olho na saúde

Como já falamos, o acompanhamento profissional em uma dieta vegetariana é essencial. Quem participa desse hábito alimentar precisa cuidar dos seus níveis nutricionais, ou seja, exames de sangue para avaliar as taxas de ferro, magnésio, potássio, cálcio e outros, são frequentes.

Fibras e água são essenciais

Como se tornar vegetariano: hidrate-se

O consumo de fibras vegetais aumenta consideravelmente em uma alimentação vegetariana, portanto, você deve aumentar a ingestão de água pura para não sofrer com a prisão de ventre.

Vitamina C é essencial

Como o consumo de verduras em uma dieta vegetariana aumenta, a ingestão de ferro também fica elevado. Isso pode ser um problema por um motivo: o ferro disponível em verduras de cor verde escura não é absorvido pelas mucosas de nosso organismo, a não ser na presença de ácidos cítricos. Então, aumente também o consumo de frutas ricas em vitamina C, como laranja, abacaxi e limões.

Não precisa exagerar na soja

A primeira substituição à carne que normalmente nos vem à cabeça é a soja. Contudo, existem diversas outras opções para você consumir. Não é todo mundo que digere bem a carne de soja, e o seu consumo em excesso pode prejudicar a tireoide.

Frutas secas

Como se tornar vegetariano: frutas secas

Um lanchinho prático e recheado de saúde são as frutas secas combinadas com oleaginosas (castanha do caju e pará, amêndoas, nozes e semente de girassol), elas são fontes de vitaminas, minerais, proteínas e antioxidantes. A Vitao Alimentos oferece um mix de oleaginosas com frutas para facilitar a sua vida.

Quando jantar ou almoçar fora, prefira um restaurante vegetariano

Além de ajudar você a criar o hábito de comer comida vegetariana fora de casa, você pode tirar diversas ideias e se inspirar nos pratos servidos. Cozinhar comida vegetariana todos os dias é uma tarefa que exige muita criatividade e imaginação e um lugar especializado pode ser a inspiração que faltava.

Se tiver um deslize, tudo bem

Dedicação é extremamente importante, a gente já sabe. Contudo, cometer um deslize não significa que você falhou. O vegetarianismo é um processo, e é muito comum que em qualquer mudança de hábito haja alguns deslizes. Bola para frente e persistência.

A Vitao Alimentos possui diversos produtos que podem ajudar você nesse processo. Acesse nosso site e confira os alimentos que mais agradam. Compre sem sair de casa.

Grão e Cereais Vitao

Vitao

Newsletter

Descubra com a gente uma vida nova e cheia de sabor.

  • 0
    Seja o primeiro a gostar disto

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios *