icon-29VITicon-30VITicon-23VITicon-24VITarrow copy 3icon-11VITicon-19VITicon-10VITicon-30VITicon-26VITicon-22VITicon-14VITicon-28VITicon-09VITPage 1icon-03VITicon-16VITicon-31VITPage 1pinoicon-27VITicon-25VITicon-01VITicon-01VITicon-02VITicon-04VITicon-13VITicon-12VITicon-18VITicon-08VITicon-17VITicon-05VITAtivo 1cardiomedlogoVITArtboard
  • Cuide
Truques para ensinar seu filho a se alimentar melhor

Uma boa saúde está diretamente ligada à uma alimentação saudável. Por isso, este tipo de cardápio deve ser incentivado desde os primeiros anos de vida.

Por mais que a missão pareça impossível, algumas dicas podem facilitar a vida de quem quer ensinar as crianças gostarem de alimentos nutritivos.

  1. Seja o exemplo

Crianças são como esponjas, sempre absorvendo o comportamento dos adultos – em especial, dos responsáveis – e repetindo no seu dia a dia. Portanto, uma das melhores formas de fazer com que o seu filho se alimente bem é fazer com que toda família tenha um cardápio saudável.

  1. Comida também é para brincar

Especialmente quando os bebês estão iniciando a introdução alimentar, é interessante oferecer alimentos em pedaços grandes, ao invés das tradicionais papinhas. Desta forma, a criança demonstra mais interesse pelo ingrediente, conseguindo pegar, brincar e reconhecer ele. Além de estimular a alimentação, o neném desenvolve a coordenação motora ao mesmo tempo que come.

  1. Alimentos atraentes

Não tem jeito, antes de saborear a comida a gente “come com os olhos”. As crianças são da mesma forma, principalmente por viverem uma fase com uma imaginação muito ativa. Brincar com a comida e “fazer desenhos” no prato é uma excelente forma de estimular a alimentação do seu filho.

  1. Pequenos cozinheiros

Deixar o seu pequeno participar das compras e/ou preparo dos alimentos, o incentiva a experimentar novos alimentos e comer melhor. Além dos benefícios na alimentação, colocar a criança na cozinha estimula a responsabilidade, organização e imaginação.

  1. Não vale forçar

A gente quer que a criança desenvolva uma relação saudável com os alimentos. Ao forçar um ingrediente para o seu filho, só vai gerar nele angústia. É preciso ter paciência e ofertar o alimento recusado mais de uma vez. Tenha em mente que cada pequeno tem o seu tempo e gosto.

  1. Horário para refeições

Rotina é extremamente necessária para o desenvolvimento da criança. Na medida do possível tente criar o hábito do café da manhã, almoço e jantar com horários determinados e com toda a família reunida. Se não tem como reunir todos nas principais refeições, escolha uma delas para ser a reunião familiar. Contudo, mantenha um horário específico para as refeições dos pequenos. Por exemplo: 08h – café da manhã; 10h – lanche da manhã; 12h – almoço; 15:30 – lanche da tarde; 19h – Jantar.

Alimentação para cada fase do seu filho

De 0 a 6 meses –

Esta é a fase do aleitamento materno exclusivo, o que significa que nem água é liberado. Durante estes meses, é essencial que a mãe tome cuidado com a sua alimentação, pois tudo o que ela consome é passado para o bebê através do leite. Estudos recentes indicam que o padrão alimentar da criança é formado a partir da amamentação. Por exemplo, se a mamãe come bastante banana, o filho desenvolve um gosto pelo alimento.

– De 7 a 11 meses –

Nesta fase, a alimentação nada mais é do que um complemento para o aleitamento. Você pode apostar em alimentos pastosos ou em sua forma natural para que o bebê pegue com a mão.

– De 1 a 3 anos –

É na primeira infância que o gosto alimentar começa a ser definido. Inclua na alimentação diária do seu filho verduras, legumes, alimentos integrais e frutas.

– De 4 a 12 anos –

Normalmente, nesta fase, a criança já sabe os alimentos que gosta ou não. Contudo, continue oferecendo alimentos que o seu filho ainda não conheça.

– De 13 anos em diante –

Com a chegada da adolescência o apetite aumenta, especialmente entre os meninos. Como o crescimento de cada adolescente é diferente, cada corpo possui uma necessidade nutricional. Para acertar 100% no cardápio nesta fase, é bom se consultar com um profissional de nutrição.

Dicas

Para ajudar ainda mais nessa missão que é ensinar o seu filho a se alimentar melhor, vamos dar algumas dicas práticas que podem ser adotadas na sua rotina hoje mesmo.

  • É difícil, mas tolere um pouco de bagunça na mesa. Deixe o pequeno pegar os alimentos com a mão e brincar com eles. Como já dissemos, este comportamento estimula a criança a sentir o alimento e se conectar com ele.
  • Varie o cardápio. Misture os alimentos favoritos da criança com outros que ela ainda não conhece.
  • Invista em lanchinhos práticos e saudáveis. Sanduíche integral, mix de nuts Vitao, pipoca Vitao, frutas e muitas outras ideias. Saiba mais como incluir esses lanches na rotina do seu filho neste post.
  • Invista em alimentos pequenos, como cenoura baby e tomate cereja. Este tipo de ingredientes faz com que a criança sinta que eles foram feitos para ela.
  • Evite bebidas durante a refeição. Líquidos dão uma sensação de saciedade antes do tempo. Deixe a água, suco e chá para depois do prato.
  • Mantenha alimentos saudáveis, como legumes, frutas e cookies Vitao, ao alcance das crianças.
  • Você costuma preparar um cardápio semanal para a sua família? Chame o seu filho para fazer parte disso. É uma forma de você dar oportunidade ao pequeno de escolher aquilo que ele gosta de comer.
  • Leve o seu filho para fazer compras com você, seja no mercado, feira ou online em sites como o da Vitao. Assim, a criança se aproxima mais dos alimentos e aguça a curiosidade deles, fazendo com que eles comam e experimentem com mais facilidade.

Fazer boas escolhas alimentares não é um processo fácil, mas faz toda a diferença a curto, médio e longo prazo para a saúde. Uma educação saudável na infância fará com que seus filhos sejam adultos com uma vida mais qualidade e equilíbrio.

As dicas ajudaram a mudar a rotina da sua casa? Conte para a gente nos comentários. Em nosso blog você encontra outras matérias sobre alimentação infantil e muito mais.

 

Vitao

Newsletter

Descubra com a gente uma vida nova e cheia de sabor.

  • 4
    pessoas gostaram disto

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios *