icon-29VITicon-30VITicon-23VITicon-24VITarrow copy 3icon-11VITicon-19VITicon-10VITicon-30VITicon-26VITicon-22VITicon-14VITicon-28VITicon-09VITPage 1icon-03VITicon-16VITicon-31VITPage 1pinoicon-27VITicon-25VITicon-01VITicon-01VITicon-02VITicon-04VITicon-13VITicon-12VITicon-18VITicon-08VITicon-17VITicon-05VITAtivo 1cardiomedlogoVITArtboard
ler rótulos de alimentos
  • Coma
  • Cuide
Você sabe ler rótulos de alimentos?

Essencial para ter uma vida mais saudável e equilibrada, ler os rótulos de alimentos é uma tarefa simples e rápida.

Você já reparou nas letrinhas que estão escritas na embalagem do seu produto? Elas podem ser a resposta para saber se ele é ou não saudável e nutritivo. Para te ajudar, vamos ensinar como ler rótulos de alimentos.

A rotulagem nacional de um produto no Brasil é controlada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O objetivo é informar o cliente sobre a composição, qualidade e validade de um alimento em determinada porção.

ler rótulos de alimentos

Vamos conhecer as informações obrigatórias:

  1. Porção: é a medida média recomendada para consumo visando uma alimentação saudável. Na maioria dos casos, o valor nutricional é de uma quantidade especifica e não a embalagem toda. Para saber corretamente o quanto vai ingerir, é preciso multiplicar o valor do rótulo pela quantidade total da embalagem.
  2. Valor energético: são as calorias do alimento para a determinada porção. Na embalagem, o valor energético vem em forma de quilocalorias (kcal) e quilojoules (kJ).
  3. Carboidratos: tem como principal função fornecer energia ao organismo. São encontrados em maiores quantidades massas, arroz, açúcar, mel, pães, farinhas, tubérculos e doces em geral.
  4. Proteínas: essencial para construção e manutenção dos nossos órgãos, tecidos e células. As proteínas estão presentes, principalmente em: carnes, ovos, leites e derivados e leguminosas.
  5. Gorduras totais: além de serem fontes de energia, as gorduras ajudam na absorção das vitaminas A, D, E e K. As gorduras totais são a soma de todos os tipos de gorduras encontradas em um alimento, seja de origem animal ou vegetal.
  6. Gorduras saturadas: presente em alimentos de origem animal, o consumo desta gordura deve ser moderado, pois pode aumentar o risco de doenças do coração.
  7. Gorduras trans: encontradas especialmente em alimentos industrializados, o consumo desse tipo de gordura deve ser bem reduzido, pois ela também aumenta o risco de doenças cardíacas.
  8. Fibra alimentar: presente principalmente em alimentos de origem vegetal, a ingestão das fibras é essencial para o funcionamento do intestino.
  9. Sódio: presente no sal de cozinha e em alimentos industrializados, este mineral atua equilibrando a quantidade de água no organismo. Se consumido em exagero, o sódio pode causar hipertensão e inchaço.
  10. Lista de ingredientes: a ordem dos ingredientes listados no rótulo do produto são em ordem decrescente de quantidade.
  11. Glúten: a legislação brasileira determina que em todos os rótulos deve constar se há ou não a presença do glúten.
  12. Marca e fabricante: essenciais para o consumidor identificar a empresa que fabricou o produto e poder entrar em contato.
  13. Origem: indica o local em que o produto foi fabricado.
  14. Prazo de validade: indica a data (prazo) máximo que os produtos podem ser consumido.
  15. Lote: é um controle da empresa. Se houver algum problema, é através do número do lote que poderão ser feitos os testes nas amostras desse lote que ficam guardados para controle.

 

ler rótulos de alimentos

Outras informações importantes

Agora que você já sabe todas as informações que são obrigatórias em todos os rótulos, vamos dar algumas dicas de informações importantes para observar nas embalagens:

  • Confira a quantidade total do produto na embalagem e a porção descrita no rótulo. É comum as informações nutricionais serem de uma parte do alimento e não dele inteiro. Por exemplo, a porção é de 25 gramas e o pacote é de 125 gramas.
  • Preste atenção na lista de ingredientes para saber se um produto é saudável ou não. Por exemplo, um pão integral é muito mais nutritivo se começar com farinha de trigo integral e não a farinha de trigo enriquecida com ácido fólico.
  • Observe a quantidade de ingredientes presentes no produto. Quanto menos itens tiver, mais natural é o alimento.
  • Fique de olho nas embalagens para identificar os ingredientes que mais causam alergias alimentares, como trigo, centeio, cevada, aveia, crustáceos, ovos, peixes, amendoim, soja, leite, amêndoa, avelã, castanha de caju, castanha do brasil/ castanha do pará, macadâmia, nozes, pecãs, pistaches, pinoli e látex natural.
  • Também é obrigatório informar em todas as embalagens sobre os alimentos que podem causar alergias alimentares, entre elas trigo (centeio, cevada, aveia e suas estirpes hibridizadas); crustáceos; ovos; peixes; amendoim; soja; leite de todos os mamíferos; amêndoa; avelã; castanha de caju; castanha do Pará; macadâmia; nozes; pecã; pistaches; pinoli; castanhas; além de látex natural. A informação deve ser disposta logo abaixo da lista de ingredientes.

Como se alimentar bem

Preste atenção

Agora que você já sabe como ler rótulos de alimentos e entender como funciona e está distribuído as informações nutricionais, vamos dar algumas dicas de como consumir alimentos mais saudáveis.

ler rótulos de alimentos

  • Prefira consumir alimentos que não tenham gorduras trans.
  • Consuma de 25 a 30 gramas de fibras diariamente para ter um bom funcionamento intestinal, reduzem o colesterol ruim e melhoram o controle glicêmico. Para ter um melhor aproveitamentos das fibras é essencial que você beba 2 litros de água por dia.
  • Controle a ingestão de sódio para não ter problemas de saúde, como hipertensão e inchaço. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, a ingestão de sódio deve ser de até 2000 miligramas por dia.
  • Produtos “sem lactose” nem sempre são alimentos que não possuem proteína do leite. Na verdade, boa parte destes produtos contam com a adição da enzima lactase ao mesmo tempo que possuem a proteína do leite. Verifique sempre o rótulo.
  • Se você tiver qualquer tipo de alergia alimentar, a atenção na leitura dos rótulos precisa ser redobrada. Expressões como “podem conter traços” ou “pode conter” significam que o produto foi fabricado com utensílios compartilhados e pode haver risco de contaminação cruzada.
  • Evite produtos com açúcar, sódio e gordura entre os três primeiros ingredientes da lista.
  • Qualquer dúvida sobre o produto, entre em contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) divulgado no rótulo.

E aí, acha que está preparado para ler rótulos de alimento quando for ao mercado? Entender o que está descrito nas embalagens é um passo importante para ter uma vida mais equilibrada. A Vitao Alimentos conta com um catálogo de produtos saudáveis e nutritivos para você mudar a sua rotina alimentar. Acesse nossa loja online e teste suas habilidades em ler rótulos no site.

Lista de produtos integrais

 

Vitao

Newsletter

Descubra com a gente uma vida nova e cheia de sabor.

  • 5
    pessoas gostaram disto

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios *