icon-29VITicon-30VITicon-23VITicon-24VITarrow copy 3icon-11VITicon-19VITicon-10VITicon-30VITicon-26VITicon-22VITicon-14VITicon-28VITicon-09VITPage 1icon-03VITicon-16VITicon-31VITPage 1pinoicon-27VITicon-25VITicon-01VITicon-01VITicon-02VITicon-04VITicon-13VITicon-12VITicon-18VITicon-08VITicon-17VITicon-05VITAtivo 1cardiomedlogoVITArtboard
  • Cuide
Qual a quantidade diária de sal que devemos consumir?

O sal é o tempero mais utilizado dentro de qualquer cozinha, seja caseira, amadora ou profissional. Além de dar sabor à comida, esse produto tem o poder de realçar o tempero dos outros alimentos usados na receita. Se ele é tão bom, por que tem sido considerado um vilão da alimentação saudável?

Na verdade, o perigo não é o sal em si, e sim o sódio que esse alimento contém. Para cada grama do tempero é encontrado, em média, 400 miligramas. É o consumo excessivo de sódio que pode contribuir no aumento da pressão arterial e no inchaço.

Vale lembrar que o sal que consumimos diariamente não está só no momento de temperar a comida, dentro de um saleiro. Alimentos industrializado utilizam o sódio para conservar o produto.

Mas também não precisa ficar assustado, assim como aprendemos neste post sobre os tipos de açúcares, o sal mais saudável é aquele que não passa pelo processo de refinamento – ao refinar o alimento, ele perde suas vitaminas, minerais e nutrientes naturais

Qual a quantidade diária recomendada?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma pessoa adulta deve consumir diariamente menos que 5 gramas de sal (ou 2 gramas de sódio). Essa quantidade equivale a menos que uma colher de chá rasa ou cinco daqueles pacotinhos de 1 grama que são servidos em restaurantes.

Mas afinal, o sódio é bom ou ruim?

Como já falamos diversas vezes, o excesso é o principal culpado em transformar um alimento em “vilão”. Se consumido de forma moderada, o sódio pode fornecer diversos benefícios ao nosso corpo. Afinal, esse ingrediente é essencial para equilibrar a quantidade de água em nosso corpo. A falta de sódio no organismo pode desencadear dor de cabeça, desidratação intensa, fraqueza muscula, vômito, diarreia e até arritmia cardíaca.

Contudo, seu consumo em excesso pode desencadear algumas doenças como: retenção exagerada de líquidos, osteopenia e osteoporose (o sódio pode retirar o cálcio dos ossos) e problemas cardiovasculares. Quem sofre com pressão arterial, precisa tomar um cuidado especial com o consumo de sal (e sódio). Como o alimento retém o líquido, acaba aumentando a pressão sanguíneo, podendo sobrecarregar o coração e os vasos.

O exagero de sódio também pode prejudicar a saúde dos rins. Quando há uma quantidade alta do ingrediente no organismo, o rim precisa trabalhar com sobrecarga para conseguir expeli-lo.

Tipos de Sal

  • Refinado: o mais comum e fácil de ser encontrado, esse tipo de sal (além do sódio) contém também o iodo. Este nutriente começou a ser adicionado no processo de refinamento em 1920 para conter uma epidemia de bócio e hipertireoidismo. Com grãos extremamente finos, o sal refinado passa por um intenso processo de industrialização, perdendo assim, alguns de seus nutrientes;
  • Grosso: como não passa pelo processo de refinamento, esse tipo de sal evita o ressecamento dos alimentos. Muito utilizado nos churrascos, o sal grosso mantém todo o suco da carne, a deixando bem macia;
  • Light: possui um teor reduzido de sódio, sendo 50% de cloreto de sódio e 50% de cloreto de potássio. Pessoas com hipertensão ou com restrição ao consumo de sódio podem optar por esse tipo de sal. Porém, pessoas com problemas renais não devem consumir o sal light por conta da alta quantidade de potássio;
  • Marinho: como é raspado manualmente da superfície de lagos de evaporação, esse tipo de sal quase não é processado. Ele pode ter diversas cores como, branco, rosa e preta. Também pode ser grosso, fino ou em flocos, seu formato muda de acordo com o local que eles foram retirados. Além disso, o sal marinho possui mais de 80 minerais, mas não é descrito na embalagem por conta da legislação;
  • Flor de sal: contém, em torno, de 10% a mais de sódio do que o refinado. Tem um sabor intenso e crocante. Normalmente é utilizado na preparação final dos alimentos;
  • Himalaia: extraído do Himalaia, esse sal possui mais de 80 minerais em sua composição. Entre eles estão: cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro.

Como substituir o sal?

Está consumindo sal em excesso, mas não quer ficar sem um bom tempero? Então, vamos mostrar alguns temperos naturais que podem substituir o sal e os seus benefícios.


  • Alho: extremamente diurético, o alho ajuda a remover a gordura do corpo, fazendo que o corpo não o absorva completamente. Além disso, ele clareia a voz nas ronquidões, remove muco e pigarro e é um excelente remédio para curar a gripe.
  • Cebola: esse tempero, que é uma excelente combinação com o alho, limpa as secreções respiratórias, melhora as dores articulares. Além de atuar como antioxidante e anti-inflamatória.
  • Limão: conhecido como um remédio natural para gripes e resfriados, essa fruta também previne a infecção urinária.
  • Tomilho: esse tempero ajuda na prevenção e cura de doenças respiratórias. Ele também atua na redução do colesterol e possui antioxidantes que protegem contra o envelhecimento das células.
  • Manjericão: o tempero que combina perfeitamente com molho de tomate é um poderoso antiviral. Além de auxiliar no tratamento de cataratas, diabetes e câncer, o manjericão acelera a cicatrização da pele e protege o intestino.

  • Salsa: um poderoso remédio para problemas de circulação e retenção de líquidos, celulite, distúrbios da bexiga, anemia, esgotamento físico, desequilibro endócrino e insuficiência cardíaca e renal. Ufa, muitas vantagens, não é mesmo? E ainda não acabou, esse tempero também acalma os distúrbios digestivos e da tireoide.
  • Orégano: extremamente antioxidante, antibactericida e anti-inflamatório, esse tempero combate o envelhecimento, alivia dores, é diurético e expectorante.

 

Está querendo diminuir o seu consumo diário de sal e apostar em opções mais saudáveis? Substitua o sal refinado pelo sal marinho da Vitao Alimentos e comece a testar novos temperos em suas receitas. Uma vida saudável e equilibrada começa com poucas mudanças no dia a dia.

Vitao

Newsletter

Descubra com a gente uma vida nova e cheia de sabor.

  • 7
    pessoas gostaram disto

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios *