icon-29VITicon-30VITicon-23VITicon-24VIT arrow copy 3 Created with Sketch. icon-11VITicon-19VITicon-10VITicon-30VITicon-26VIT icon-22VITicon-14VITicon-28VITicon-09VITicon-email Page 1 Created with Sketch. icon-03VITicon-16VITicon-31VIT Page 1 Created with Sketch. pino icon-printicon-27VITicon-25VITicon-01VITicon-01VITicon-02VITicon-04VITicon-13VITicon-12VIT icon-18VITicon-08VITicon-17VITicon-05VIT Ativo 1cardiomed Vitao Alimentos Artboard Created with Sketch.
  • Coma
É possível ter uma alimentação saudável por um preço acessível?

A busca por uma alimentação saudável e acessível já faz parte da vida dos brasileiros há um bom tempo. E acredite: essa é uma tendência que veio para ficar e tende a crescer ainda mais nos próximos anos.

Segundo dados da Euromonitor divulgados pelo Sebrae, o consumo de alimentos saudáveis no Brasil vem crescendo de forma exponencial nos últimos anos.

Entre 2009 e 2014, por exemplo, o  mercado de alimentação ligado à saúde e ao bem-estar cresceu 98% no país. Com isso, o Brasil já se tornou o quarto maior mercado do mundo no que diz respeito a esse setor e movimenta US$ 35 bilhões por ano. Além disso:

  • Para 28% dos brasileiros, consumir alimentos nutricionalmente ricos é muito importante.
  • 22% da população opta por comprar alimentos naturais e sem conservantes.

Esses dados servem para nos mostrar que a alimentação balanceada e saudável veio para ficar e cai cada vez mais no gosto do brasileiro.

Porém, para essa tendência ser efetivamente duradoura, é fundamental encontrar alternativas para se ter uma alimentação saudável e ACESSÍVEL, que não pese no bolso e se torne rotina.

E sim, isso é mais do que possível. Nós vamos te mostrar como! Acompanhe.

Sim! É possível ter uma alimentação saudável e acessível. Mas como fazer isso?

Preparamos para você um guia com sugestões que você pode usar na sua vida na hora de garantir uma alimentação saudável, seja só para você ou para você e toda a sua família. No fim: seu bolso agradece, sua saúde agradece e você ainda poupa tempo da sua rotina.

Conheça e opte pelas frutas e vegetais da estação

Não é novidade nenhuma que consumir frutas, verduras e legumes é algo importante para a sua saúde, certo? Porém, mais do que isso, esses insumos naturais são um ponto chave na hora de garantir uma alimentação saudável e acessível.

Estes alimentos, quando estão na época de colheita, costumam apresentar preços mais amigáveis e, ao mesmo tempo, costumam estar mais frescos e nutritivos.

A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP) compartilha, em seu site, uma tabela de sazonalidade em que você pode conferir quais são os principais alimentos de cada mês. Confira e fique atento para fazer boas escolhas nas suas próximas compras.

Falando em compras… Já pensou em garantir as frutas, verduras e legumes em feiras ou sacolões hortifrúti? Nesses locais há a possibilidade de você encontrar alimentos ainda mais frescos e baratos. Seja qual for a sua escolha, o importante mesmo é não deixar de consumir essas poderosas fontes de vitaminas, fibras e minerais na sua rotina!

Faça escolhas e substituições inteligentes

Ter uma alimentação saudável e acessível também passa por ter “jogo de cintura” e saber como substituir alimentos. Busque por opções baratas e saudáveis sem que isso “prejudique” a sua rotina.

Pequenos cuidados, como trocar o atum em óleo por atum em água, ou substituir o presunto por peito de peru, por exemplo, podem não representar nenhum peso extra para o seu bolso, mas podem trazer benefícios para a sua saúde. Na hora de escolher um queijo, que tal optar pelos mais leves, como o cottage e a ricota?

Além disso, você também pode economizar na hora de comprar as proteínas. Peitos de frango desossados e sem pele são, sim, uma opção saudável. Porém, você pode optar por comprar um frango inteiro, que costuma ser mais barato e oferece uma quantidade maior de cortes para você trabalhar.

Assim, você pode usar ele por inteiro: desde os peitos de frango para rechear panquecas ou dar mais sabor para uma salada, passando pelas carnes da coxa e sobrecoxa.

E essa dica não vale apenas para a carne de frango. Buscar por proteínas com preço mais em conta pode fazer toda a diferença para o seu bolso e ajudar a garantir novos sabores no seu cardápio. Pesquise, explore novas combinações e aproveite!

Explore novos sabores

Teste receitas novas e experimente temperos diferentes sem medo de errar!

Ter uma alimentação saudável e acessível não significa comer todo dia a mesma coisa. Além disso, a internet pode ser uma grande aliada na hora de você buscar novas receitas baratas e saudáveis.

Explorar novos sabores é uma maneira saborosa de exercitar a criatividade e conhecer novos paladares. Você pode trocar o sal, por exemplo, por especiarias naturais como alho, cebola, louro, orégano, hortelã, pimentas, alecrim, manjericão, açafrão, coentro… São inúmeras as opções de sabores que você pode ter, inclusive, na sua horta!

Ps: já pensou nisso? Em ter uma horta com temperos que podem ajudar a economizar dinheiro e, ainda, deixar as suas refeições mais saudáveis, saborosas e fresquinhas?

Organize-se e planeje-se

Impossível falar de alimentação saudável e acessível e não citar a organização e o planejamento – tanto na hora de ir às compras quanto na hora de preparar as refeições.

Uma excelente forma de economizar dinheiro na hora de fazer as compras é fazer uma lista com tudo o que você precisa comprar para a sua casa. Na hora de fazer essa lista, que tal planejar um cardápio para a semana de uma só vez?

Assim, você acerta na quantidade de ingredientes que precisa comprar e faz uma quantidade maior de refeições e as congela. Ao fazer isso, você irá gastar mais tempo na cozinha em um só dia e, durante todos os outros seis, não precisará preocupar-se em preparar as refeições.

Esse cuidado irá evitar que você peça comida por delivery – afinal, você já tem comida pronta e saudável no seu freezer! – e, com isso, economize dinheiro e evite comer alimentos processados. Seu bolso e sua saúde agradecem!

Aproveite os alimentos ao máximo

Um outro segredo muito importante para ter uma alimentação saudável e acessível é aproveitar ao máximo os alimentos. Você pode fazer sucos funcionais, sopas, caldos e até mesmo tortas de legumes com diversas “sobras” de ingredientes.

Esse cuidado, além de evitar o desperdício, também ajuda você a aproveitar melhor os nutrientes dos alimentos. Cascas, talos e folhas, que costumeiramente são jogados no lixo, podem deixar receitas mais ricas e saborosas.

Assim, essa é outra dica para você cuidar da sua saúde ao mesmo tempo em que economiza dinheiro e faz sua parte para evitar o desperdício.

Conserve melhor os alimentos

É péssimo quando você compra os alimentos, não os conserva da maneira adequada e acaba perdendo-os, não é mesmo? Além de pesar no seu bolso, isso tudo poderia ser evitado caso você tivesse tido um cuidado maior na hora de armazenar esses ingredientes. Por isso, dê atenção para esse detalhe.

Lembre-se que cada alimento pede por um cuidado específico. Por exemplo:

  • Ervas: lave-as, seque-as e congele-as ou em potes plásticos, ou em forminhas de gelo, preenchendo um azeite.
  • Folhas verdes: lave-as e seque-as muito bem. Depois, coloque-as em um recipiente com uma folha de papel toalha no fundo e tampe-o antes de levar à geladeira.
  • Bananas: envolva o talo do cacho com filme plástico e deixe-as fora da geladeira.
  • Morangos: deixe-os em uma solução de vinagre e água por cinco minutos. Após, lave-os em água corrente, espere que sequem e mantenha-os na geladeira, em um recipiente com papel toalha no fundo.
  • Cebolas: deixe-as fora da geladeira, em um local seco e longe da luz direta.

Esses são apenas alguns exemplos de como você pode evitar a perda de alguns alimentos, garantindo que eles fiquem saborosos por mais tempo.

Ter uma alimentação saudável e acessível está nas suas mãos – literalmente!

Gostou das nossas dicas para garantir uma alimentação saudável e acessível? Esperamos que sim!

Lembre-se que apostar em refeições nutritivas é um estilo de vida, e não uma dieta com prazo de validade.

Por isso, é importante encontrar alternativas duradouras, que possam fazer parte da sua rotina por um longo tempo. E, para isso, é claro: não basta ser “apenas” saudável… Tem que ser gostoso e caber no bolso!

Vitao

Newsletter

Descubra com a gente uma vida nova e cheia de sabor.

  • 24
    pessoas curtiram

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário

Todos os campos são obrigatórios *